Treviso Pizzaria_970x90
ARTIGO

Lidando com as emoções de seu filho

Por Sueli Regina Geisler

24/06/2021 16h04
Por: Redação
231
Sueli Regina Geisler (Foto: Divulgação)
Sueli Regina Geisler (Foto: Divulgação)

Você está acompanhando que seu filho (a) anda com os sentimentos à flor da pele? Tem medo de ir ao banheiro sozinho? A noite se cobre até a cabeça por medo?  Tem tanta raiva que joga as coisas, bate no irmão ou bate portas? Tem as crianças que os pais não sabem identificar de onde vem a tristeza ou o choro? Pais preocupados e com tantas dúvidas sobre o que é certo ou errado, com desafios maiores em entender os filhos numa rotina muitas vezes estressante.

Ajudar seu filho (a) a identificar os sentimentos como raiva, alegria, empatia, nojo, medo, frustações, tristeza... acolher neste momento não é sinônimo de mimar e sim de cuidados com a estrutura emocional, trabalhando o aprendizado para a inteligência emocional, que é uma parte importante da formação da criança.

A criança é um ser em formação em todos aspectos, e o cérebro é um dos últimos a estar completamente formado, a cerda dos 24anos. Porém, o quanto antes regular as emoções do seu filho, antes ele terá uma vida equilibrada, melhorando seu futuro.

Os filhos costumam se espelhar nos pais, então seja o mais claro passível para que a criança possa lhe compreender. A criança percebe muitas vezes até no seu olhar, quando há trocas de olhares carinhosos são alimentadas com segurança, como também o olhar de reprovação, por exemplo, pode surgir a insegurança, o medo, angustia...

Ver um filme infantil é um ótimo momento para falar sobre emoções. Tem vários filmes para se assistir em família: Divertidamente, Up- Altas Aventuras, Wall_E e também algumas literaturas, como: Emocionário, O Grande Livro Das Emoções, entre outros.

Reprimir emoções não vai ajudar no desenvolvimento da criança. Mas, seu amor e respeito, sim! Incentive-o a ter certa autonomia, falem sobre sentimentos.

             Convido a olhar um momento para você. Consegue lidar com as suas emoções? O problema não é o sentir e sim o que fazemos com ela: qual sua ação diante de um sentimento.

             Acaso você ainda não se sente com total confiança de iniciar este trabalho sozinha, tenho um projeto que se chama “Aprendendo A Lidar Com As Emoções”. É uma oficina com atividades onde auxilia as crianças nos primeiros passos para que possam expressar e entender melhor algumas das suas próprias emoções.

 Para maiores detalhes, pode entrar em contato e falar comigo.

         “Trabalhando na construção de um relacionamento sadio e emoções positivas gerando significado e um propósito para pais e filhos.”

Com carinho

Sueli Regina Geisler

Coach Educador Familiar

Teen Coaching e Coaching para estudantes

WhatssAp (47)9.9905.0187

Instagran:  @suelirgeisler

Facebook:  @visvivacoach

www.visvivacoach.com

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários