Treviso Pizzaria_970x90
CAÇA E TIRO

Presidente da Associação dos Clubes de Caça e Tiro presta esclarecimentos na tribuna sobre a escolha da nova diretoria e situação da entidade

Paulo Sérgio de Almeida

30/05/2021 09h00
Por: Redação
Fonte: www.camarablu.sc.gov.br
47
Fotos: Lucas Prudêncio I Imprensa CMB
Fotos: Lucas Prudêncio I Imprensa CMB

O novo presidente da Associação dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau, Paulo Sérgio de Almeida, ocupou a tribuna livre para falar sobre a destituição da diretoria anterior e a eleição do novo grupo que passou a dirigir a entidade.

Explicou que no dia 25 de janeiro deste ano, 22 clubes se reuniram e decidiram, por voto secreto, destituir a diretoria que estava à frente da associação na época, assim como o Conselho Fiscal. Disse que entre os motivos estavam a quebra de confiança e falta de transparência na gestão. “O voto foi secreto justamente para não haver constrangimento”, ressaltou.

Assinalou que em 26 de abril os clubes se reuniram para eleger a nova diretoria e o Conselho Fiscal. Participaram do processo 28 clubes, sendo que a única chapa recebeu 26 votos favoráveis e dois contrários.

Ele agradeceu a todos os clubes que votaram sim. Disse que agradecia também os que votaram não “porque é melhor uma oposição que incomode, do que uma situação que se acomode”.

Comentou que a situação da entidade está muito precária, sem secretaria, sem equipamentos, sem estrutura, ocupando no momento a sede do Museu dos Clubes de Caça e Tiro. “A situação financeira também não é diferente. Temos informações de que há R$ 15 na conta da Viacredi e cerca de R$ 50 em cotas. Os repasses por parte do Município estão suspensos desde novembro, por denúncia que eu havia feito, colocando as irregularidades”, explicou, esclarecendo que já está tomando as providências para que parte do repasse público seja liberado para que as dívidas possam ser pagas.

Comentou sobre a situação precária da sede do museu. Disse que a associação quer continuar gerindo o espaço, porém pensam em mudar de local, porque a distância do Centro é um desestímulo à visita dos turistas. Ressaltou que também faltou incentivo por parte da antiga administração em promover o museu.

Afirmou que a principal meta da nova diretoria é resgatar a credibilidade da associação junto aos clubes, bem como melhorar a autoestima dos próprios clubes, que estavam abandonados. “Queremos dar todo suporte e achar formas de gerar receitas próprias. Os clubes de Caça e Tiro fazem parte da história da cidade e o Município não faz nenhum favor em repassar dinheiro público, é dever deles, mas sabemos que os clubes não podem viver somente na dependência do dinheiro público”.

Afirmou ainda que a Associação não é maior que os clubes, mas é uma entidade criada para ajudá-los, e que agora todos terão vez, voto e voz que nunca tiveram. Afirmou ainda que a nova diretoria quer trazer de volta o protagonismo que os Clubes de Caça e Tiro de todas as regiões da cidade tinham na promoção das tradições culturais de Blumenau. “Dizem que sonhar grande ou pequeno dá o mesmo trabalho. Nós decidimos por sonhos grandes”, afirmou, agradecendo a Câmara de Vereadores pela oportunidade dos esclarecimentos à comunidade pela manifestação na tribuna.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários