Treviso Pizzaria_970x90
ESCOTEIRO

Conheça o Grupo Escoteiro do Mar Ricardo Schmidt

Nome escolhido ao Grupo também carrega significado e amor ao Movimento Escoteiro

30/09/2021 21h42
Por: Redação
302
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Nome escolhido ao Grupo também carrega significado e amor ao Movimento Escoteiro.

Assim como a maioria das fundações de Grupos Escoteiros carregam significado e uma linda história, o nascimento do Grupo Escoteiro do Mar Ricardo Schmidt não foi diferente. Além de ser fundado em meio a pandemia do novo coronavírus, um desafio aos escotistas por conta das regras sanitárias, o nascimento do Grupo se deu por meio do amor e carinho ao Movimento Escoteiro que inunda os corações de todos os participantes.

A história do GE

Um jovem tornou-se escoteiro, conheceu esse novo mundo e vivenciou novas aventuras. Ele reconheceu o Movimento como valores preconizados em casa, fez amizades, histórias e com apoio da chefia tornou-se o protagonista do seu autodesenvolvimento. Essa é a história do jovem Jefferson Schmidt, que cresceu e levou junto consigo valores do Movimento Escoteiro para a vida.

 

Foi então que no final de 2019 o Ten. Cel. Jefferson Schmidt estava determinado a abrir um Grupo Escoteiro na comunidade da Nova Esperança, em Blumenau, pois via ali a importância do Movimento Escoteiro estar inserido.

 

Alguns voluntários escotistas e outros iniciando no Movimento Escoteiro apoiaram o projeto encabeçados pelo Escotista Sandro Julio de Oliveira. A Modalidade do Mar foi escolhida pela história do jovem Jefferson que foi da Modalidade e do seu pai Ricardo Schmidt (in memoriam), marinheiro da turma November da Escola de Aprendizes Marinheiros de Santa Catarina, e junto com a família apoiadores do Movimento Escoteiro.

 

Nome do Grupo Escoteiro

 

O nome escolhido para o Grupo Escoteiro leva o nome do pai de Jefferson que nunca perdeu seu espírito escoteiro, e que após adulto sonhou em voltar ao movimento. O nome também se faz justo em reconhecimento e homenagem a todos os pais e mães incentivadores do Movimento Escoteiro e apoiadores dos valores praticados.

Início das atividades

As atividades do Grupo iniciaram antes da pandemia do coronavírus, no dia 1º de fevereiro de 2020, após completar sete reuniões o Governo do Estado decretou a pandemia e as atividades presenciais acabaram sendo interrompidas. O Grupo possuía aproximadamente 45 membros juvenis e 20 escotistas e dirigentes.

 

“Em momento algum mesmo a distância o GEMAR Ricardo Schmidt que ainda não havia sido fundado parou. Remotamente atividades foram preconizadas, adultos continuando seus estudos, conseguiu-se fazer uma feijoada tipo drive-thru com mais de 760 vendas e doações de várias delas a famílias carentes da comunidade e a um asilo”, comentou o diretor presidente do GEMAR, Sandro Júlio de Oliveira.

Apoio ao GEMAR

O Grupo Escoteiro teve apoio incondicional de todos os adultos e da Associação do DER Vale do Itajaí. A associação cedeu o espaço para instalação do Grupo. “Foi fundamental no trabalho de manutenção do local para preparar o retorno presencial quando fosse possível e seguro”, mencionou o diretor presidente.

O GEMAR não para

Com ajuda e força de vontade dos escotistas, o GEMAR não desanimou e não parou por conta da pandemia e, para incentivar e apoiar os adultos foi criado um jargão que perdura entre os participantes: “O GEMAR não para”, pois mesmo com todas as consequências todos se mantiveram firmes e unidos, como uma grande família que é o Movimento Escoteiro.

 

No dia 17 de abril de 2021 foi possível retornar as atividades presenciais gradativamente, mas o Grupo Escoteiro precisou atender exigências da UEB, Estadual e Municipal.

 

“O retorno gradativo e seguro continua sendo reafirmado a cada atividade, onde foi construindo novamente a confiança dos pais, jovens, escotistas e dirigentes que o caminho e cuidados adotados está alcançando os objetivos”, explicou o diretor presidente do Grupo Escoteiro do Mar.

A fundação

Com o hasteamento da bandeira pela Marinha do Brasil ao som do apito naval, no dia 12 de junho o Grupo Escoteiro do Mar foi então fundado oficialmente. “Com apoio dos pais, jovens e escotistas, em especial do 07/SC G.E. Teófilo Bernardo Zadrozny de Blumenau e do 90° Grupo Escoteiro Do Mar Suboficial Amélio Azevedo Marques de São Gonçalo (RJ) presente na pessoa da chefe Karina Freire Báez de Andrade (Enguia), conseguimos alcançar os objetivos propostos”, comemorou o diretor presidente.

 

A fundação seguiu todas as regras sanitárias impostas por conta da pandemia, com a disponibilização do lenço escoteiro, entrega e colocação sem que ninguém tivesse contato a não ser o próprio jovem ou adulto que fez a promessa.

 

“Houve a presença de diversas autoridades na cerimônia de fundação, autoridades essas convidadas uma a uma pessoalmente, onde a gente pode mostrar um pouco do que estamos realizando. A presença de todos só mostra a confiança que todos têm nesse projeto”, pontuou o diretor presidente.

 

A solenidade contou com a presença do Prefeito de Blumenau Sr. Mário Hildebrandt; Coronel Armando Lacerda (23º Batalhão de Infantaria); Coronel Jefferson Schmidt (7ª Região de Polícia Militar); Tenente Coronel Jorge Cameu (3º Batalhão de Bombeiros Militar); Capitão de Fragatas Eduardo Rodrigues (Marinha do Brasil); Deputado Estadual Ricardo Alba; Padre João Humberto e representantes do escotismo em Santa Catarina e no Brasil.

O GEMAR Ricardo Schmidt foi fundado com 50 membros distribuídos em Alcateia, Tropa Escoteira, Tropa Sênior, Clã Pioneiro e Dirigentes.

 

facebook.com/grupoescoteirodomarricardoschmidt/videos/3120281568290004/

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários