Treviso Pizzaria_970x90
OPINIÃO

Nascemos preguiçosos ou aprendemos a Ser?

Fabíola Simas - Assessoria Comercial, especializada em Empreendedorismo, Liderança, Vendas e Life Coaching deixa sua mensagem.

25/09/2021 09h33
Por: Redação
Fonte: Fabíola Simas
73
Fabíola Simas
Fabíola Simas

Fabíola Simas – Presto Assessoria Comercial para empresas com treinamento de vendas, planejamento estratégico e acompanhamento da execução de ações planejadas.

Formada em Gestão Comercial, com especialização em Empreendedorismo, Liderança, Vendas e Life Coaching.

Trabalhei durante 12 anos na Colchões Ortobom, onde iniciei como vendedora, passei a ser formadora de equipes, para então me tornar franqueada lojista.

Em 2018 comecei um projeto paralelo, Alento Ambientes, um estúdio de móveis planejados que viveu 2 anos. Dezembro de 2020 fechei e passei a prestar mentoria para arquitetos, designers, especialistas que vendem sua hora e precisam alavancar seus resultados, escalando seu negócio. Através das ferramentas da administração e do coaching trazemos personalidade, proposito e lucratividade para as marcas.

Vamos fazer uma avaliação de como somos e estamos, com o artigo/conversa de Fabíola com o título  “Nascemos preguiçosos ou aprendemos a Ser?”

 

Oi, Pessoa, tudo bem?

Meu nome é Fabíola Simas, eu trabalho com vendas direta ao consumidor final desde 2001, estudei diversos semestres de administração, turismo, marketing e me graduei em Gestão Comercial.

Vim aqui deixar uma reflexão, sobre nossa preguiça de ir às compras, e o salto desses 20 anos. Já parou para pensar?

Deixa eu te contar essa história.

Em Junho deste ano, minha família e eu fomos para Gramado (pai, mãe, irmão). Programamos a viagem com antecedência, para comemorar aniversário de casamento dos meus pais. Eu abri o computador, vi várias fotos de lofts, escolhi um pela localização, preço e foto. Ficava a 400m da Rua Coberta de Gramado, RS. Abri o Google, comprovei o texto do Airb’n’b, enviei o link no grupo do whats família, Todos aprovaram. Em duas horas no Domingo à noite decidimos a viagem e fazemos reserva.

Você conhece a Serra gaúcha? Aquele lugar é uma delícia, tem um ar Europeu conforme nossa região, sempre dá vontade de voltar.

Nascida e criada em Blumenau, frequento aquela região desde nova. Fiquei lembrando como antigamente meu pai escolhia nossa hospedagem. Ele abria o Guia Rodoviário, aliás, meu pai tinha Guias de todas as regiões do Brasil, porque era administrador de uma empresa de transportes. No próprio guia tinha o nome de alguns hotels, ele perguntava para os colegas de trabalho, e também para os amigos do clube, qual dos hotéis era mais interessante. Passava os números de telefone para minha mãe e pedia para que ela reservar (minha mãe sempre foi a secretária oficial do Lar).

Provavelmente fazia um depósito bancário, não sei, porque eu só usufruía, não pagava nada.

Já deu para perceber que viajar era bem mais complexo, né? Exigia mais esforço. Raramente seria decidido em 2 horas.

Voltando a 2021, dia 10/06 chegamos em Gramado, viajamos direto sem parada, os carros hoje são mais confortáveis, os tanques de gasolina são maiores e nos levam mais longe.

Saímos de manhã sem almoço, decidimos ir direto a um café colonial, assim que vimos uma placa, entramos no Google para saber o valor e as recomendações. Aprovamos, estacionamos o carro e nos deliciamos com um maravilhoso Café Colonial

Em seguida fomos para o Loft porque estava em cima da hora de entrada 6 pm. Deixamos as malas e olhamos no google onde era o supermercado mais próximo para comprarmos os mantimentos do café da manhã.

Pessoa, lembra que eu te falei que escolhemos um local perto da rua Coberta? A Rua coberta é o centro, coração de Gramado. Tem TUDO ali ao redor.

Antigamente a gente chegava no hotel (não existiam os lofts airb`n´b) largava as malas e saia a pé a explorar o local. Essa era a parte gostosa, lembra?

Por que é que, hoje, pegamos nossos smartphones antes de dar um passo à frente? Quem nos ensinou isso? Sinceramente sinto que a busca por conforto e economia de tempo nos deixou preguiçosos. Ou será que sempre fomos assim e por isso criamos toda essa tecnologia? Realmente eu não sei pessoa, mas a vida moderna, me permite andar menos, explorar menos o mundo real, percebe?

Independente se somos preguiçosos ou a tecnologia nos deixou. É fato, não saímos mais as compras, sem antes dar uma olhadinha nos nossos smartphones. E se você é vendedor como eu. Conforme-se! A preguiça tomou conta dos clientes, eles não entram mais na sua loja sem um bom convite online.

Gostou desse texto?

Quero agradecer a Salete por me permitir escrever para você e lhe convidar a seguir meu instagram @sernegocio ou Facebook @programasernegocio, conteúdos de empreendedorismo, vendas e comportamento humano, gratuito.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários