Treviso Pizzaria_970x90
POLÍTICA

Ministra Damares Alves sugere parceria com a Granfpolis para lançamento de diversos programas de proteção de vulneráveis

Por Maria Helena

13/08/2021 13h27
Por: Redação
Fonte: https://scempauta.com.br/
25

A ministra Damares Alves, da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, confirmou sua vinda à Santa Catarina, em data a ser agendada e, em parceria com a Associação dos Municípios da Grande Florianópolis (Granfpolis), lançar na região uma série de programas que, segundo a ministra, “irão tornar a Grande Florianópolis o melhor lugar do mundo para as crianças”.

Damares Alves explicou às primeiras-damas e técnicas da região que estiveram com a ministra nesta quarta-feira (11), que seu Ministério possui uma série de programas de proteção à criança, adolescentes, mulheres e idosos que, com o apoio dos municípios poderão facilmente ser implantados.

“É preciso a união de todos: Poder público, as famílias, as religiões, toda a sociedade, num pacto pela proteção da criança, da mulher, do idoso, da pessoa com deficiência”, defende Damares.

Damares Alves expôs, ainda, que a primeira violência no Brasil é contra a criança, seguida de violência contra idoso – muitos mantidos em cativeiros e mulheres idosas sendo estupradas. “Precisamos nos unir e proteger os vulneráveis”, disse.

O grupo que esteve com a ministra foi liderado pela presidente da Granfpolis e prefeita de Rancho Queimado, Cleci Veronezi, que vai organizar junto com os demais prefeitos da região a vinda da ministra e de técnicos do Ministério à sede da Associação. Cleci manifestou o grande interesse da região nos programas citados. Já a ministra falou sobre a felicidade em ver mulheres em Santa Catarina se levantando  para fazer a diferença.

Além da presidente Cleci Veronezi, acompanharam o grupo os deputados Darci de Matos (PSD) e Daniel Freitas (PSL). As primeiras-damas da Granfpolis que estiveram em audiência com a ministra foram: Angela Bittencourt da Silva, de Governador Celso Ramos; Elaine Cristina Busnardi, de Canelinha; Célia Regina Wambommel Sani, de Alfredo Wagner;Marilda Otto Alves, de Leoberto Leal; Cintia de Queiroz Loureiro, de Florianópolis, e a segunda-dama de Rancho Queimado, Cristina Denise Sens Westphal.  Participaram, também, Alessandra Clemer, assessora de Assistência Social de Canelinha, e Luciana Griga Branco, diretora de Assistência Social de Rancho Queimado, e a diretora Executiva da Fundação Somar, de Florianópolis.

Imagem: Willian Meira/MMFDH

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários