Treviso Pizzaria_970x90
ESPORTE

Olimpíada de Tóquio tem abertura oficial nesta sexta-feira

Por Edgard Matsuki - Repórter da Agência Brasil - Brasília

22/07/2021 08h30Atualizado há 2 meses
Por: Redação
Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2021-07/olimpiada-de-toquio-comeca-nesta-sexta-feira-23
77

Nesta sexta-feira (23), os olhos de boa parte da população mundial estarão voltados para a cidade de Tóquio. Após o adiamento de um ano por causa da pandemia da covid-19 e ameaças de cancelamento, a 32ª edição da Olimpíada de verão ter á a abertura oficial a partir das 8h (horário de Brasília) no Estádio Olímpico de Tóquio (também chamado de Estádio Nacional).https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1416063&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1416063&o=node

Pela primeira vez na história, as cerimônias de abertura e encerramento, assim como as competições na capital do Japão, não terão a presença de público. A decisão de proibir espectadores foi tomada por conta da decretação do estado de emergência em Tóquio até o final das competições até 8 de agosto, e em meio a críticas de autoridades de saúde do país e rejeição da população à competição.

Leia também: Jogos de Tóquio começam com protocolos rígidos e medo da pandemia

Outras províncias que vão sediar competições também já confirmaram que não terão público: Chiba (que vai sediar competições de surfe, esgrima, taekwondo e luta olímpica), Kanagawa (beisebol/softbol, iatismo e futebol), Saitama (basquete, golfe e futebol), Fukushima (beisebol/softbol) e Hokkaido (futebol e atletismo). As províncias de Miyagi (futebol) e Shizuoka (ciclismo) Ibaraki (futebol) ainda mantém previsão de público (50% do total e limitado a residentes no Japão) durante competições.

Os Jogos de Tóqu6io são a primeira Olimpíada da era moderna a ter um adiamento. Desde 189 (quando foram realizados os Jogos Olímpicos de Atenas), três edições foram canceladas: as Olimpíadas de Berlim em 1916 (que não foi realizada por causa da 1ª Guerra Mundial), as Olimpíadas de Helsinque em 1940 e as Olimpíadas de Londres em 1944 (ambas canceladas por causa da 2ª Guerra Mundial). 

É a segunda vez que Tóquio recebe os Jogos Olímpicos: a primeira foi em 1964, com 5.151 atletas de 93 países. Um dos momentos mais marcantes daquela edição foi o acendimento da pira olímpica: quem fez as honras foi Yoshinori Sakai, nascido em dia 6 de agosto de 1945, em Hiroshima – no mesmo dia que a bomba atômica devastou a cidade.

Abertura e competições

Prevista para às 8h (horário de Brasília) desta sexta-feira (23) e com duração de cerca de três horas, a tradicional cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos sofrerá alterações em Tóquio, causadas pela emergência sanitária. Além da proibição de venda de ingressos, algumas delegações (incluindo a brasileira) deverão enviar menos atletas para a cerimônia em que a Pira Olímpica é acesa. 

Nesta quinta-feira (22), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) confirmou que levará apenas quatro pessoas para a cerimônia (número mínimo exigido de atletas e oficiais): os porta-bandeiras Bruno Rezende (voleibol) e Ketleyn Quadros (judô), o chefe de Missão Tóquio 2020, Marco La Porta, e um oficial administrativo. De acordo com o COB, "a decisão foi tomada levando-se em consideração a segurança dos atletas brasileiros em cenário de pandemia, minimizando riscos de contaminação e contato próximo".

O imperador Naruhito irá declarar a abertura das competições. A ordem dos desfiles das delegações da abertura dos Jogos Olímpicos também será particular. Ela seguirá, na maioria dos casos, a ordem do alfabeto japonês katakana. Com isso, logo após a Grécia (que, tradicionalmente, é a primeira equipe a desfilar) e a Equipe Olímpica de Refugiados, entrarão no Estádio Olímpico a delegação da Islândia (Aisurando em japonês), Irlanda (Airurando) e Azerbaijão (Azerubaijan). As exceções ficarão com as três últimas equipes a entrarem: Estados Unidos, França e Japão – que fecha a parada das nações). O Brasil será a 152º delegação a entrar no desfile.

A lista de comitês olímpicos participantes conta também com o Time Olímpico de Refugiados, formado por pessoas que não podem competir pelo país de origem e por isso, defendem a bandeira do Comitê Olímpico Internacional (COI). O Comitê Olímpico Russo traz uma delegação de atletas da Rússia proibidos de competirem com a bandeira e o nome do país (nem o hino russo pode ser executado) devido a punições por parte da Agência Mundial Antidopagem (WADA) e da Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Além da Rússia, mais um país filiado ao COI não participará dos Jogos de Tóquio: a Coreia do Norte, que anunciou a desistência por causa da pandemia da covid-19. Com isso, o número de bandeiras representadas nas competições será menor do que na Rio 2016, que teve 205 países, o time de refugiados e a equipe de Atletas Olímpicos Independentes (formado por atletas do Kuwait, punido à época pelo COI).

Dentro das competições, Tóquio 2020 (mesmo com o adiamento de um ano, o nome oficial do evento continua referente ao ano passado) tem a expectativa de receber, ao todo, mais de 11 mil atletas de 204 países.

A delegação com maior número de membros é a dos Estados Unidos, com 613 atletas. O país-sede, Japão, terá 590 atletas nos Jogos Olímpicos. O Brasil será representado por 302 atletas em 35 modalidades. O número será menor do que o de atletas nas Olimpíadas de 2016, que foi de 462. Ao contrário do que ocorreu nos Jogos do Rio (em que o Brasil, por ser país-sede, já tinha classificados em todas modalidades), o Brasil ficou de fora de 12 das 46 modalidades de Tóquio.

De acordo com o Comitê Olímpico Internacional, essa será a Olimpíada com maior equilíbrio de gênero da história: quase 49% dos inscritos são mulheres. O atletismo é o esporte com maior número de participantes: 2.176. Por outro lado, apenas 19 atletas disputarão as competições de ciclismo BMX na categoria freestyle.

Antes mesmo da abertura oficial, algumas competições já começaram a ser realizadas. Na terça-feira (20), as primeiras partidas de softbol foram realizadas. Ontem (21), a bola rolou para a primeira rodada do futebol. E nesta quinta-feira, foram disputadas as primeiras provas de remo.

A primeira medalha de Tóquio vai sair no tiro esportivo feminino: a disputa da final na modalidade rifle de ar 10m ocorre às 10h45 (no horário local, 22h45 no horário de Brasília) no dia 24 de julho.

A cerimônia de encerramento das Olimpíadas ocorrerá na noite de 8 de agosto (20h no horário local). A última medalha a ser disputada nesta edição será no polo aquático masculino. A partida final começa às 16h30 (4h30 no horário de Brasília) do dia 8.

Ao todo, os Jogos Olímpicos de Tóquio terão 339 eventos que distribuirão medalhas em 46 modalidades (com 33 esportes). Neste ano, cinco modalidades estreiam ou voltam ao calendário de competições: beisebol/softbol, karatê, skate, surfe e a escalada esportiva.

Algumas estrelas mundiais do esporte já confirmaram presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio. No basquete, Kevin Durant será o principal nome da equipe de estrelas dos Estados Unidos. No futebol feminino, a norte-americana Megan Rapinoe e a brasileira Marta são atrações. No masculino, o Brasil vai contar com Daniel Alves.

Sem a presença de lendas como Usain Bolt e Michael Phelps, que se retiraram de seus esportes, os holofotes em esportes individuais ficarão no sérvio Novak Djokovic (supercampeão de torneios Gram Slam) e na japonesa Naomi Osaka no tênis, nas norte-americanas Simone Biles (ginástica artística) e Katie Ledecky (natação) e no francês Teddy Riner no judô.

VAGAS CONFIRMADAS PARA O TIME BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS TÓQUIO 2020:

Atletismo (52 atletas)
Feminino
- Ana Carolina Azevedo (200m e 4x100m)
- Ana Cláudia Lemos (4x100m)
- Andressa Morais (lançamento do disco)
- Bruna Farias (4x100m)
- Chayenne Silva (400m com barreiras)
- Eliane Martins (salto em distância)
- Érica Sena (marcha atlética – 20km)
- Geisa Arcanjo (arremesso do peso)
- Izabela da Silva (lançamento do disco)
- Jucilene Lima (lançamento do dardo)
- Ketiley Batista (100m com barreiras)
- Laila Ferrer (lançamento do dardo)
- Núbia Soares (salto triplo)
- Rosângela Santos (100m e 4x100m)
- Simone Ferraz (3.000m com obstáculos)
- Tabata Vitorino (4x400m misto)
- Tatiane Raquel (3.000m com obstáculos)
- Tiffani Marinho (400m e 4x400m misto)
- Vitória Rosa (100m, 200m e 4x100m)
*A equipe de atletismo definiu Geisa Coutinho (4x400m misto) e Lorraine Martins (4x100m) como atletas AP dos revezamentos.

Masculino
- Aldemir Gomes (200m)
- Alexsandro Melo (salto em distância e salto triplo)
- Alison dos Santos (400m com barreiras)
- Almir Júnior (salto triplo)
- Altobeli da Silva (3.000m com obstáculos)
- Anderson Henriques (4x400m misto)
- Augusto Dutra (salto com vara)
- Caio Bonfim (marcha atlética – 20km)
- Daniel Chaves (maratona)
- Daniel Nascimento (maratona)
- Darlan Romani (arremesso do peso)
- Derick de Souza (4x100m)
- Eduardo de Deus (110m com barreiras)
- Felipe Bardi (100m e 4x100m)
- Felipe dos Santos (decatlo)
- Fernando Ferreira (salto em altura)
- Gabriel Constantino (110m com barreiras)
- Jorge Vides (200m e 4x100m)
- Lucas Carvalho (400m)
- Lucas da Conceição Vilar (200m)
- Lucas Mazzo (marcha atlética – 20km)
- Márcio Teles (400m com barreiras)
- Mateus Daniel Adão de Sá (salto triplo)
- Matheus Corrêa (marcha atlética - 20km)
- Paulo André (100m, 200m e 4x100m)
- Paulo Roberto de Paula (maratona)
- Pedro Burmann (4x400m misto)
- Rafael Pereira (110m com barreiras)
- Rodrigo Nascimento (100m e 4x100m)
- Samory Uiki (salto em distância)
- Thiago André (800m e 1.500m)
- Thiago Braz (salto com vara)
- Thiago Moura (salto em altura)
*A equipe de atletismo definiu João Henrique Falcão como atleta AP do revezamento 4x400m misto.

Badminton (2 atletas)
Feminino
- Fabiana Silva

Masculino
- Ygor Coelho

Boxe (7 atletas)
Feminino
- Beatriz Ferreira (60kg)
- Graziele Jesus (51kg)
- Jucielen Romeu (57kg)

Masculino
- Abner Teixeira (91kg)
- Hebert Souza (75kg)
- Keno Marley (81kg)
- Wanderson de Oliveira (63kg)

Canoagem slalom (2 atletas)
Feminino
Ana Sátila (C1 e K1)

Masculino
Pepê Gonçalves (K1)

Canoagem velocidade (3 atletas)
- Isaquias Queiroz - C1 1000m e C2 1000m
- Jacky Godmann - C1 1000m
- Vagner Souta - K1 1.000m masculino

Ciclismo BMX (2 atletas)
Feminino
- Priscilla Stevaux

Masculino
- Renato Rezende

Ciclismo MTB (3 atletas)
Feminino
- Jaqueline Mourão

Masculino
- Henrique Avancini
- Luiz Henrique Cocuzzi

Esgrima (2 atletas)
Feminino
Nathalie Moellhausen - espada

Masculino
Guilherme Toldo - florete

Futebol (36 atletas)
Feminino
- Andressinha (meio-campo)
- Angelina (meio-campo)
- Bárbara (goleira)
- Bia Zaneratto (atacante)
- Bruna Benites (zagueira)
- Debinha (meio-campo)
- Duda (meio-campo) 
- Erika (zagueira)
- Formiga (meio-campo)
- Geyse (atacante)
- Jucinara (lateral)
- Julia Bianchi (meio-campo)
- Letícia Izidoro (goleira)
- Ludmila (atacante)
- Marta (meio-campo) 
- Rafaelle (zagueira)
- Poliana (lateral) 
- Tamires (lateral)
**Após autorização do COI para a inscrição de quatro jogadoras adicionais, a seleção feminina definiu Aline Reis, Andressa Alves, Giovana Queiroz e Letícia Santos como atletas AP (atletas substitutas) da equipe.

Masculino

- Abner Vinicius (lateral)
- Antony (atacante)
- Brenno (goleiro)
- Bruno Fuchs (zagueiro)
- Bruno Guimarães (meio-campo)
- Daniel Alves (lateral)
- Diego Carlos (zagueiro)
- Douglas Luiz (meio-campo)
- Gabriel Menino (lateral)
- Guilherme Arana (lateral)
- Nino (zagueiro)
- Matheus Cunha (atacante)
- Matheus Henrique (meio-campo)
- Paulinho (atacante)
- Ricardo Graça (zagueiro)
- Richarlison (atacante)
- Santos (goleiro)
- Malcom (atacante)
**Após autorização do COI para a inscrição de quatro jogadores adicionais, a seleção masculina definiu Claudinho, Lucão, Gabriel Martinelli e Reinier como atletas AP (atletas substitutos) da equipe.

Ginástica Rítmica (5 atletas)
- Beatriz Linhares
- Déborah Medrado
- Duda Arakaki
- Geovanna Santos
- Nicole Pircio

Ginástica Artística (7 atletas)
Feminino
- Flavia Saraiva (individual)
- Rebeca Andrade (individual)

Masculino
- Arthur Nory - equipe
- Arthur Zanetti - individual
- Caio Souza - equipe
- Diogo Soares - equipe
- Francisco Barretto - equipe

Handebol (28 atletas)
Feminino
- Adriana Cardoso
- Alexandra Nascimento
- Ana Paula
- Babi Arenhart
- Bruna de Paula
- Dayane Rocha
- Duda Amorim
- Gabi Bitolo
- Larissa Araújo
- Lívia Ventura
- Paty Matieli
- Renata Arruda
- Samara Vieira
- Tamires Morena
**Após autorização do COI para a inscrição de uma décima quinta jogadora, a seleção feminina definiu Giulia Guarieiro como atleta AP (atleta substituta).

Masculino
- Felipe Borges
- Gui Torriani
- Gustavo Rodrigues
- Haniel Langaro
- João Pedro
- Léo Dutra
- Leonardo Terçariol
- Rangel da Rosa
- Rogério Moraes
- Rudolph
- Thiago Ponciano
- Thiagus Petrus
- Vinicius Teixeira
- Zé Toledo
**Após autorização do COI para a inscrição de um décimo quinto jogador, a seleção masculina definiu Fábio Chiuffa como atleta AP (atleta substituto).

Hipismo adestramento (1 atleta)
- João Victor Oliva

Hipismo CCE (3 atletas)
- Carlos Parro
- Marcelo Tosi
- Rafael Losano
**Foi definido ainda que Márcio Appel será o atleta AP (atleta substituto) da equipe.

Hipismo saltos (3 atletas) **
Marlon Zanotelli - VDL Edgar
Pedro Veniss - Quabri L´Isle
Rodrigo Pessoa - Carlitos Way
Yuri Mansur - QH Alfons Santo Antonio
**Ainda não foi informado publicamente quem será o atleta AP (atleta substituto) da equipe.

Judô (13 atletas)
Feminino
- Gabriela Chibana (48kg)
- Larissa Pimenta (52kg)
- Ketleyn Quadros (63kg)
- Maria Portela (70kg)
- Mayra Aguiar (78kg)
- Maria Suelen Altheman (+78kg)

Masculino
- Eric Takabatake (60kg)
- Daniel Cargnin (66kg)
- Eduardo Barbosa (73kg)
- Eduardo Santos (81kg)
- Rafael Macedo (90kg)
- Rafael Buzacarini (100kg)
- Rafael Silva (+100kg)

Levantamento de pesos (2 atletas)
Feminino
- Jaqueline Ferreira - Até 87kg
- Nathasha Rosa - Até 49kg

Maratonas Aquáticas (1 atleta):
Ana Marcela Cunha - 10km

Natação (26 atletas):
Feminino
- Aline Rodrigues - 4x200m livre
- Ana Vieira – 4x100m livre
- Beatriz Dizotti - 1.500m livre
- Etiene Medeiros – 4x100m livre e 50m livre
- Gabrielle Roncatto - 4x200m livre
- Giovanna Diamante - 4x100m medley misto
- Larissa Oliveira –  100m livre, 4x100m medley misto, 4x100m livre e 4x200m livre
- Nathalia Almeida - 4x200m livre
- Stephanie Balduccini – 4x100m livre
- Viviane Jungblut - 800m e 1.500m livre

 Masculino
- Breno Correia - 200m, 4x200m livre e 4x100m livre
Bruno Fratus - 50m livre
- Caio Pumputis - 200m medley e 100m peito
- Felipe Lima - 100m peito, 4x100m medley e 4x100m medley misto
- Fernando Scheffer - 200m e 4x200m livre
- Gabriel Santos - 100m livre e 4x100m livre
- Guilherme Basseto - 100m costas, 4x100m medley e 4x100m medley misto
- Guilherme Costa - 400m livre, 800m livre e 1500m livre
- Guilherme Guido - 100m costas
- Leonardo de Deus - 200m borboleta
- Luiz Altamir - 4x200m livre
- Marcelo Chierighini - 4x100m livre
- Matheus Gonche - 100m borboleta e 4x100m medley
- Murilo Sartori - 4x200m livre
- Pedro Spajari - 100m livre, 4x100m livre e 4x100m medley
- Vinícius Lanza - 200m medley

Pentatlo Moderno (1 atleta)
Iêda Guimarães 

Remo (1 atleta)
Lucas Verthein - single skiff

Rugby Sevens (12 atletas)
Feminino 
- Aline Furtado
- Bianca Silva
- Haline Scatrut
- Isadora Cerullo
- Leila Silva
- Luiza Campos
- Marina Costa
- Mariana Nicolau
- Rafaela Zanellato
- Raquel Kochhann
- Thalia Costa
- Thalita Costa
**Após autorização do COI para a inscrição de uma décima terceira jogadora, a seleção feminina definiu Eshy Coimbra como atleta AP (atleta substituta).

Saltos ornamentais (4 atletas)
Feminino
- Ingrid Oliveira - Plataforma 10m
- Luana Lira - Trampolim 3m

Masculino
- Isaac Souza - Plataforma 10m
- Kawan Pereira - Plataforma 10m

Skate (12 atletas)
Feminino
Dora Varella - Park
- Isadora Pacheco - Park
- Letícia Bufoni - Street
- Pâmela Rosa - Street
- Rayssa Leal - Street
- Yndiara Asp - Park

Masculino

- Felipe Gustavo - Street
- Giovanni Vianna - Street
- Kelvin Hoefler - Street
- Luiz Francisco - Park
- Pedro Barros - Park
- Pedro Quintas - Park

Surfe (4 atletas)
Feminino
Silvana Lima 
Tatiana Weston-Webb

Masculino
- Gabriel Medina
- Italo Ferreira

Taekwondo (3 atletas)
Feminino
Milena Titoneli - até 67kg

Masculino
Edival Marques "Netinho" - até 68kg
Icaro Miguel - até 80kg

Tênis (6 atletas):
Feminino
- Laura Pigossi - duplas
- Luisa Stefani - duplas

Masculino

- João Menezes - simples e duplas
- Marcelo Demoliner - simples e duplas
- Marcelo Melo - duplas
- Thiago Monteiro - simples e duplas

Tênis de Mesa (6 atletas)
Feminino
- Bruna Takahashi
- Caroline Kumahara
- Jéssica Yamada
**A seleção feminina definiu Giulia Takahashi como atleta AP (atleta substituta) da equipe.

Masculino

- Gustavo Tsuboi
- Hugo Calderano
- Vitor Ishiy
**A seleção masculina definiu Eric Jouti como atleta AP (atleta substituto) da equipe.

Tiro com Arco (2 atletas)

Feminino
- Ane Marcelle dos Santos

Masculino
- Marcus D'Almeida

Tiro Esportivo (1 atleta)
- Felipe Wu - pistola de ar 10 m 

Triatlo (3 atletas)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários